Hemonúcleo de São Gonçalo realiza campanha de doação de sangue

Durante a Semana Nacional do Doador Voluntário de Sangue, comemorando esta semana, o Hemonúcleo Hebert de Souza, instalado junto ao Complexo Hospital Luiz Palmier, no Zé Garoto, em São Gonçalo, começou na manhã de ontem (25/11) campanha para estimular a população a pratica de doação de sangue. A meta da unidade é de receber pelo menos 200 doadores até sexta-feira (29/11).

“As transfusões de sangue fazem a diferença para centenas de pacientes diariamente. Precisamos de muitas doações, principalmente para ter um estoque estratégico neste final de ano. A doação é um ato de solidariedade. É preciso estimular a cultura da doação para que pessoas enfermas sejam beneficiadas”, explica o coordenador do Hemonúcleo, João Carlos Leão Pereira.

A doação de cerca de 400 ml realizada por um voluntário pode salvar até cinco vidas, já que todo sangue é separado em diferentes componentes, como hemácias, plasma e plaquetas. Hoje, o município recebe cerca de 25 doações por dia, quando a média ideal seria de 40 doadores, já que o sangue fica à disposição de todos os hospitais da rede pública municipal e das clínicas conveniadas ao SUS. Somente o Complexo Hospitalar Luiz Palmier utiliza por mês, cerca de 300 bolsas de sangue.





Disposto a praticar o ato solidário, Pedro Fernandes Carneiro, 28 anos, morador da Covanca, compareceu ao Hemonúcleo nesta manhã. O processo para realizar a doação é simples. O voluntário realiza um cadastro, passa por uma triagem clínica com uma entrevista, verifica a pressão arterial e realiza o teste de anemia para saber se está apto para realizar a coleta, onde é retirado cerca de 400 ml de sangue que é coletado em uma bolsa estéril por aproximadamente 10 minutos. Após a doação, o sangue vai para o fracionamento e uma amostra passa por exames laboratoriais obrigatórios para detectar doenças como HIV, Hepatite B e C, doença de chagas e HTLV. Somente após o resultado dos exames, o sangue é liberado para que seja doado em segurança.

Para ser doador é preciso estar bem de saúde, pesar 50 kg ou mais, ter entre 16 e 67 anos de idade, estar alimentado, evitar alimentos gordurosos, não ter feito piercing e tatuagem há menos de um ano. O Hemonúcleo de São Gonçalo funciona na Praça Estephânia de Carvalho, s/n, ao lado do Posto de Saúde Washington Luiz, Zé Garoto, São Gonçalo. O horário de doação é de 2ª à 6ª feira das 7h às 12h. Mais informações pelo telefone 2605-6047.





Deixe seu comentário

[an error occurred while processing this directive]
[an error occurred while processing this directive] [an error occurred while processing this directive]